Vitória é primeiro município da Região Metropolitana a atingir o risco muito baixo para covid-19

A capital já imunizou contra a covid-19 com as duas doses, ou dose única, toda a população adulta com mais de 18 anos

0
43
Covid: Vitória é a primeira cidade da região Metropolitana com risco muito baixo

Por Flávia Mancilha

Nesta quarta-feira 05, Vitória alcançou todas as metas estabelecidas pela Portaria 211-R e passa a ser a primeira cidade da Região Metropolitana com qualificação de risco muito baixo para covid-19, de acordo com a norma técnica. “É momento de comemorar com toda a cidade essa conquista. Parabéns aos trabalhadores da saúde! Nosso lema desde o início foi ‘vacina chegou, vacina no braço’ e trabalhamos muito para que essa dose de saúde, esperança e vida chegasse para todos os moradores”, declarou o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini.

A capital já imunizou contra a covid-19 com as duas doses, ou dose única, toda a população adulta com mais de 18 anos (109,18% desse grupo, quando a porcentagem mínima estipulada pela norma técnica foi de 80%), entre os adolescentes com idade entre 12 a 17 anos, Vitória já aplicou a primeira dose da vacina em 90,23% desse público, cumprindo mais uma condição da Portaria e 90,06% também é a porcentagem de idosos vacinados na capital com a dose de reforço.

Outro requisito da norma técnica alcançado pelo município foram os locais de testes de covid, disponibilizados em diversas unidades de saúde da capital e no Centro de Testagem, localizado na Ilha de Santa Maria. Vitória se tornou referência nacional em vacinação disponibilizando uma estrutura completa para imunizar a população. Foram utilizadas 28 salas de vacinação das unidades de saúde, hospitais, postos volantes em igrejas, faculdades e vacinação em domicílios (para pessoas acamadas), com imunizações ocorrendo tanto durante a semana como também aos sábados e em feriados.

Atingir o risco muito baixo foi possível pois a gestão do prefeito Lorenzo Pazolini é marcada pela celeridade e investimentos em estratégias resolutivas e dinâmicas a fim de garantir vacina recebida, vacina aplicada, também graças ao grande comprometimento das equipes com o SUS e com o município. Agradeço a todos os profissionais envolvidos e também aos nossos parceiros“, disse a secretária de Saúde de Vitória, Thais Cohen. Nesta quarta-feira 5, Vitória já havia aplicado 771.095 doses contra a covid-19, sendo 323.596 primeiras doses, 321.605 segundas doses ou dose única e 118.855 doses de reforço.

PUBLICIDADE