Sino roubado de igreja da Serra ainda não foi encontrado

A procura está sendo feita em sites de vendas na internet e em ferros-velhos

0
12
O artefato tem 221 anos e tem grande valor histórico e sentimental para a comunidade

Continua desaparecido o sino com 70 quilos e 70 centímetros de altura, em bronze, orçado em R$ 5 mil e doado por fiéis como pagamento de promessa, que foi roubado da Igreja de Sant’Anna, em Manguinhos, no litoral da Serra, na segunda-feira 18. A procura está sendo feita em sites de vendas na internet e em ferros-velhos. O artefato tem 221 anos e tem grande valor histórico e sentimental para a comunidade.

O sino foi doado após promessa. A empresária Lilian Merscher disse que o pai e a mãe são muito religiosos e doaram o sino para a igreja após uma promessa feita pela mãe. No final de 2013, a mãe da empresária sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC), ficou entre a vida e a morte e prometeu que doaria o sino para a igreja se conseguisse se recuperar. Após a recuperação da mãe de Lilian, ela e o pai procuraram e acharam o sino em Minas Gerais, em uma loja de antiguidades, e o compraram por R$ 5 mil.

PUBLICIDADE