Residencial Consolação é entregue a famílias de Vitória

O Residencial beneficia 48 famílias que viviam em situação de risco geológico ou em área de proteção ambiental nos seus imóveis de origem

0
50
(Foto: Carlos Antolini/PMV)Realização e conquista: Residencial Consolação é entregue a 48 famílias de Vitória

A espera de 48 famílias chegou ao fim no sábado 02. Agora, elas podem dizer, novamente, que têm a sua casa própria. A Prefeitura de Vitória entregou o Residencial Consolação, localizado na rua Aurora Maria Zantori Fanti, s/nº, em Gurigica.

O Residencial beneficia 48 famílias que viviam em situação de risco geológico ou em área de proteção ambiental nos seus imóveis de origem. O prédio tem oito pavimentos e conta com sistema para captura e reaproveitamento de águas de chuvas e energia solar fotovoltaica.

As unidades habitacionais têm dois ou três quartos, em áreas de 51,15m², 56,21m² e 74,10m². O imóvel, que conta com elevadores, possui apartamentos adaptados. O investimento é de cerca de R$ 8 milhões.

O prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, explanou a emoção do momento: “Esse Residencial estava no coração e nos sonhos de 48 famílias que, agora, vão reescrever suas histórias e ressignificar as suas vidas. Quando chegamos na PMV, essa obra não tinha dinheiro para continuar. Reorganizamos a gestão e hoje podemos entregar esse prédio novo e que traz dignidade para todos os moradores. Antes, havia distanciamento da PMV do seu povo, a cidade estava abandonada de um lado. Hoje, ouvimos as pessoas e percorremos as comunidades. Essa é a cidade que lutamos“.

Sonho
Dona Inês Viana Rocha, de 72 anos, era só alegria. Antes de receber a chave do apartamento 802 das mãos do prefeito, ela lembrou que morava em Santa Martha por meio do Aluguel Social da Prefeitura de Vitória. “Estou muito por ter ganhado minha casa. Esperei muito tempo por isso“.

Ana Paula Coelho da Silva e a família esperaram por 15 anos o novo lar. A família deixou a casa em que viviam, no bairro São Benedito, em 2007. De lá para cá, passaram por vários bairros, entre eles Itararé, Resistência, São Pedro, Santo Antônio, Jucutuquara e Forte São João. Agora, vão morar no apartamento 704 do Residencial Consolação com os dois filhos. “Ter o lugar próprio é outra coisa! “, resume Ana Paula.

Silvana, Carlos e dois de seus filhos vão morar no 405. Desde 2012, eles esperam pela nova casa própria. A família teve que deixar a residência em que viviam. A estrutura da casa, no bairro da Penha, estava comprometida. Agora, com o cantinho próprio, a família pode olhar para um novo horizonte. Silvana lembra que, depois que saiu de sua casa, a família morou em uma outra residência no bairro da Penha, no bairro Santa Martha e no Atlântica Ville. Silvana foi eleita síndica do condomínio. “Estou muito feliz. Sou uma vencedora“, comemora.

Festa
A subsecretária de Gestão Urbana e secretária de Desenvolvimento da Cidade e Habitação em exercício, Anna Cláudia Dias, disse que hoje foi um dia de festa: “Para esses futuros moradores, é um dia de esperança e novas oportunidades. Toda vez que tem entrega de habitação, é um momento de refletir sobre recomeço. Cuidem desse espaço de vocês“.

124 residências entregues desde 2021
Com a entrega dos 48 apartamentos neste sábado, já são 124 residências entregues desde o início da atual gestão de Vitória. A atual administração da cidade iniciou, ainda, o maior programa de regularização fundiária da história do município. Já foram entregues 2119 escrituras, que garante a propriedade dos imóveis.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui