Procon de Vitória encontra variação de até 221,59% nos supermercados

Fiscais do Procon percorreram nove estabelecimentos da capital

0
13
Foto Ilustrativa: Divulgação

O Procon de Vitória encontrou uma diferença de 221,59% no preço do quilo do apresuntado, podendo ser comprado por R$ 13,99 ou até R$ 44,99. Já a variação no valor do quilo da banana prata chega a 201,01%, sendo comercializado de R$ 1,99 a R$ 5,99. A margarina com sal de 500g pode ser comprada de R$ 4,78 a R$ 13,99, numa variação de 192,68%. O quilo da batata inglesa teve uma variação de 125,63%, sendo vendido de R$ 1,99 a R$ 4,49. A mortadela Bologna fatiada não defumada de 1 kg teve uma variação de 120,23%, podendo ser comprada de R$ 14,98 a R$ 32,99.

No comparativo entre os meses de julho e agosto deste ano, a maior variação fica por conta da mortadela, com um aumento de 123,92%, como aponta o Núcleo de Pesquisas e Dados do Procon Vitória. Em julho, custava R$ 6,69 e, em agosto, passou para R$14,98. Já o molho de tomate (tradicional/340g), que, em julho, custava R$ 1,88, em agosto, passou para R$1,37, numa redução de 27,13%. O levantamento traz uma série histórica com os preços registrados desde março de 2021.

Na comparação entre os meses de agosto de 2020 e 2021, a maior variação de preços ficou por conta do óleo de soja de 900 ml, que passou de R$ 3,94 para R$ 7,48, num aumento de 89,85%. Já a caixa de sabão em pó (1kg) custava R$ 12,98 e, agora, é vendida por R$ 5,85, representando uma redução de 54,93%.

Considerando a cesta de itens de primeira necessidade e o valor do salário mínimo aplicado no País, que é de R$ 1.100,00, a análise do Procon Vitória mostra que, em julho de 2021, o trabalhador gastava 47,68% do seu rendimento com itens básicos. Em agosto, houve um aumento e o percentual passou para 48,86%.

PUBLICIDADE