Prefeitura inicia reforma do Cmei Valdívia da Penha Antunes, em Santos Dumont

O trabalho é necessário em função do tempo de construção, condições de eficiência das telhas existentes e impacto dos altos índices pluviométricos

0
31
O prefeito Lorenzo Pazolini visitou dependências da unidade de ensino e destacou importância da obra para a comunidade de Santos Dumont. Foto: Jansen Lube/PMV

Por Marcus Monteiro

As crianças matriculadas no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Valdívia da Penha Antunes Rodrigues, localizado no bairro Santos Dumont, terão ainda mais conforto no ambiente escolar. Na quinta-feira 15, o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, assinou a ordem de serviço para início da reforma na unidade.

O prédio foi inaugurado em 1992 e nunca passou por uma intervenção. O Cmei atende 260 crianças, nos dois turnos, na faixa etária de 6 meses a 6 anos. A reforma contempla os ambientes dos três pavimentos do prédio, com prazo de conclusão de 90 dias. O trabalho é necessário em função do tempo de construção, condições de eficiência das telhas existentes e impacto dos altos índices pluviométricos. As salas de aula também serão climatizadas.

Opiniões

“Uma obra de R$ 860 mil é muito mais que uma reforma. Significa reconstruir com amor, afeto e carinho um ambiente que representa tanto para a sociedade, especialmente para a comunidade de Santos Dumont. O futuro da cidade começa aqui, na primeira infância, dando dignidade para nossas crianças e, também, para o pai e a mãe terem a tranquilidade de poder ir trabalhar para, quando voltarem, encontrarem seus filhos com alimentação adequada, bem cuidados, com zelo, carinho e amor, mas, principalmente, com uma estrutura física que dê condições dignas para que os profissionais da escola possam trabalhar. Além disso, teremos o compromisso para que a contratação de mão de obra seja de moradores da região”, afirmou o prefeito Lorenzo Pazolini.

“Esta obra é esperada há muito tempo. Uma escola reformada, com um ambiente bem cuidado, sem mofo e climatizado é fundamental para o acolhimento dessas crianças”, disse a secretária municipal de Educação, Juliana Rohsner.

Wesley Ferreira, líder comunitário do bairro Santos Dumont, lembrou que, desde a inauguração do Cmei, em 1992, a unidade nunca passou por uma reforma. “A importância desta intervenção é gigantesca para a comunidade. Agradecemos ao prefeito e a todos os envolvidos na tarefa de trazer mais conforto e segurança para as nossas crianças”, disse.

PUBLICIDADE