Governo inicia obras de reforma do Saldanha da Gama

O objetivo do Estado é transformar o prédio na futura sede da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes)

0
37
Foto: Divulgação

O Governo do Estado iniciou as obras de reforma da antiga sede do Clube de Regatas Saldanha da Gama. Nesta primeira etapa, serão realizadas obras de conserto dos telhados, lavagem do prédio, retirada de infiltrações, recuperação de rebocos, trocas de esquadrias, portas, janelas, peças sanitárias, pisos etc.

O objetivo do Estado é transformar o prédio na futura sede da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), que atualmente funciona em salas alugadas de um edifício no bairro Mata da Praia. O projeto para o espaço conta ainda com museu virtual e espaço gastronômico, ambos abertos ao público, integrando cultura, inovação e turismo.

“Estamos dando início à reforma, visando resgatar a nossa história e seguir com o projeto de revitalizar o Centro de Vitória. O local tem uma paisagem linda e que já foi frequentado por muita gente. É um prédio histórico. Em uma negociação com a prefeitura, recebemos o prédio do Saldanha e vamos transformar na sede administrativa da Fapes, além de construir um museu virtual contando a história do local, de Vitória e consequentemente de parte do Espírito Santo. Também teremos um café para que as pessoas possam vir e desfrutar desta paisagem”, afirmou o governador.

O Forte São João foi construído no início do século XVIII para ser uma fortaleza e proteger a ilha de Vitória de invasões estrangeiras. Em 1931 foi oficialmente comprado pelo Clube de Regatas Saldanha da Gama e passou a ser espaço aberto à prática de esportes, festas e solenidades. Hoje, o Saldanha da Gama é a única construção com características de fortificação existente na capital.

PUBLICIDADE