Feira de municípios tem dinâmica com uso do tablet na Escola Éber Louzada

0
0
Foto: Divulgação/PMV

A tradicional “Feira dos Municípios” da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Éber Louzada Zippinotti, que fica em Jardim da Penha, está de volta e teve mais uma edição realizada nesta quinta-feira 07, nos turnos matutino e vespertino, com a presença das famílias na escola. As turmas do 5º e 6º ano foram as responsáveis pela apresentação dos municípios, após muita pesquisa e preparação em sala de aula.

O objetivo do projeto é valorizar a cultura capixaba, além de promover conhecimento sobre o espaço geográfico do estado do Espírito Santo, bem como a diversidade cultural dos municípios. Os trabalhos foram coordenados pelas professoras Adriana Bomfim, Isabelle Estefânia Campos, Renata Paiva e Erika Batista, com apoio do professor de Arte Maik Cabral e da diretora Evania Nunes.

Os estudantes tiveram a liberdade de pesquisar e montar a apresentação dos municípios. Muitos deles usaram os tablets entregues pela Prefeitura de Vitória no último mês, inserindo a tecnologia na apresentação para tornar a dinâmica mais interessante. Além disso, eles utilizaram cartazes, maquetes, banners e até mesmo prepararam pequenas porções de comidas típicas de cada município.

A ideia é que as turmas se envolvam na cultura de cada município, além de conhecer sua localização geográfica, gastronomia, diversidade, pontos turísticos e muito mais. O estudante Eduardo Maciel Dutra, por exemplo, foi o responsável pelo município de São José do Calçado. “Foi muito legal porque aprendi tudo sobre a cidade, me preparei bastante para poder apresentar tudo certinho para as famílias e os colegas também”, contou.

Integração

A feira também ficou marcada pela integração entre estudantes, família e escola. Muitos pais, mães e responsáveis foram até a unidade de ensino para prestigiar o belo trabalho dos estudantes, fruto de muito esforço e dedicação nas últimas semanas. Jordana Pereira, mãe do Bernardo, fez questão de ir até a unidade de ensino prestigiar a feira, e ficou orgulhosa do resultado.

“A feira de municípios foi um evento maravilhoso, rico, encantador e belíssimo para todos que participaram. A composição formada pelas famílias, escola e estudantes alcançou todos os objetivos. O comprometimento de todos os envolvidos com a elaboração e apresentação dos trabalhos resultou no estímulo e alegria de nossas crianças. Parabenizo a todos os envolvidos pelo empenho e dedicação em todo o processo de construção dos trabalhos, desde a idealização, elaboração, acompanhamento, até a apresentação no dia de hoje”, disse.

Protagonismo

A diretora da unidade de ensino, Evania Nunes, celebrou a retomada da Feira de Municípios, que já é tradição na Emef, mas não acontecia desde 2019, devido aos protocolos de biossegurança adotados nos dois últimos anos.

“Normalmente, a apresentação é feita pelos 4º e 5º anos, porém a turma do 6º não participou devido à pandemia, e eles mesmos nos procuraram demonstrando o desejo de voltar com a feira. É uma alegria enorme poder voltar com essa atividade tão especial para nós e ainda por cima com as famílias novamente dentro do espaço escolar”, explicou a diretora.

Atividade Interdisciplinar

A professora do 5º ano, Adriana Bonfim, falou sobre os benefícios da atividade para os estudantes. “É uma atividade interdisciplinar, que é uma forma dos estudantes colocarem em prática o que aprenderam sobre nosso Estado e de estimular a criatividade deles, juntamente com apoio da família. É importante para desenvolver a autoestima e a interação com a comunidade escolar. Os estudantes estão muito felizes com seu desempenho e nós muito orgulhosos deles”, disse.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui