Estado investe R$ 418 milhões em obras de saneamento em Vila Velha

Os recursos são provenientes de financiamento junto ao Banco Mundial e integram o Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem

0
16
Foto: Hélio Filho/Secom

O Governo do Estado, por meio da Cesan, investirá R$ 418.775.911,87 em obras sanitárias em Vila Velha. Os recursos são provenientes de financiamento junto ao Banco Mundial e integram o Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem, criado em 2012.

A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Araçás dobrará a sua capacidade atual de 400 l/s para 900 l/s, tratando todo o esgoto da região. Já as obras de ampliação em Terra Vermelha irão universalizar o sistema de esgotamento em toda a região, com a construção de uma ETE de 150 l/s, um empreendimento sustentável que vai gerar energia solar e atender toda a planta de tratamento.

Somando-se as duas ETEs, a capacidade de tratamento diária é de mais de 90 milhões de litros, o que equivale a 90 mil caixas d´água de mil litros, que deixarão de poluir o mar, rios e lagos todos os dias. A execução do projeto começa ainda neste ano, com previsão de entrega em 36 meses.

O projeto beneficiará mais de 143 mil habitantes dos bairros Santa Paula 1 e 2, Riviera da Barra, Cidade da Barra, São Conrado, 23 de maio, Ulisses Guimarães, Terra Vermelha, Barramares, Morada da Barra, Balneário Ponta da Fruta, Aribiri, Dom João Batista, Nossa Senhora da Penha, Santa Inês, Ibes e Santos Dumont.

“Um dos mais importantes componentes do saneamento básico é o serviço de esgotamento sanitário, que representa não somente mais saúde para a população, como também maior preservação dos recursos hídricos. O Governo do Estado investe mais de R$ 400 milhões na ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Vila Velha e na ETE Araçás, que fazem parte do Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem”, destacou o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente.

PUBLICIDADE