Complexo viário de Carapina é a solução para acabar com o caos no trânsito da Serra

O viaduto terá início em uma via que está sendo construída ao lado do Hotel Ibis, no bairro Jardim Carapina. Ela fará ligação com a avenida João Palácio, próximo ao Shopping Mestre Álvaro, no Bairro de Fátima

0
2
Foto ilustrativa de como ficará o viaduto de Carapina: atualmente passam pelo local 55 mil veículos por dia

Com o início das obras do viaduto de Carapina, na Serra, que mudará o acesso a alguns bairros, será melhorado o trânsito próximo ao Apart Hospital, um dos trechos mais congestionados da Grande Vitória, por onde circulam cerca de 55 mil veículos por dia. O viaduto terá início em uma via que está sendo construída ao lado do Hotel Ibis, no bairro Jardim Carapina. Ela fará ligação com a avenida João Palácio, próximo ao Shopping Mestre Álvaro, no Bairro de Fátima.

Com isso, quem vem da Serra pela rodovia BR-101 usará o viaduto para acessar os bairros de Jardim Camburi, em Vitória; Fátima e Eurico Salles, na Serra. Também será possível fazer o retorno. O viaduto fará com que os semáforos nos atuais cruzamentos sejam eliminados, evitando as retenções que são registradas diariamente.

Já para quem vem de Vitória, o acesso aos bairros da Serra continuará como é hoje, sem a necessidade de usar o viaduto. O Complexo Viário de Carapina envolve um trajeto de três quilômetros entre o viaduto de acesso à rodovia do Contorno e a avenida Fernando Ferrari, na Capital. As obras do complexo foram separadas em três etapas, sendo que a primeira, em Vitória, já foi concluída. E a segunda está em andamento.

A rodovia das Paneleiras (antiga Reta do Aeroporto) passou a contar com três faixas em cada sentido – antes, eram somente duas. Uma ciclovia também foi instalada, ligando a Serra a Vitória, com calçada e paisagismo. A obra agora está na segunda etapa. No trecho da Serra, no viaduto de acesso à rodovia do Contorno, estão sendo implantadas quatro faixas de rolamento por sentido, além de uma faixa multiuso (também por sentido), que será utilizada para acesso às edificações, como baias de ônibus.

Além disso, será implantada uma área de convivência e de lazer, com 10 metros de largura no canteiro central deste trecho. A terceira e última etapa inclui o viaduto, implantando novos acessos viários aos bairros Jardim Carapina e Eurico Salles, eliminando os semáforos de conversão existentes atualmente. A região também receberá obras de urbanização, praça e semáforos inteligentes. O investimento total será de R$ 76,5 milhões.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui