Centro de Tratamento de Queimados tem mais de 50 mil atendimentos em oito anos

CTQ funciona no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra

0
32
Foto: Divulgação

Referência para o Espírito Santo, o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra, completou em maio oito anos de funcionamento. Desde 2013, o setor já atendeu mais de 50 mil pacientes.

Entre acidentes de trabalho e domésticos, que são as principais causas de internação no CTQ, o caso da dona de casa Marciane Pereira dos Santos, em 2018, é um dos mais recordados. “Como enfermeira, vejo que os casos de violência doméstica são frequentes em hospitais e clínicas, mas, enquanto referência do CTQ, não recebemos muitos relatos. O caso da paciente Marciane chamou atenção de toda equipe, primeiro, pelo alto grau de complexidade e, segundo, pela vontade de viver da paciente”, relembrou Taís Cotias, enfermeira referência do CTQ do Hospital Dr. Jayme.

Outro caso que chamou atenção da equipe foi o do paciente Vanderlei Ferreira Ramos. Em maio de 2015, ele trabalhava sob andaimes, a nove metros de altura, na instalação de pastilhas na fachada de um prédio, quando encostou uma régua metálica de construção em fios elétricos. A descarga de alta-tensão fez o soldador desmaiar.

O Serviço de Atendimento Móvel (SAMU) foi acionado e conseguiu controlar o fogo que estava no corpo do soldador, com soro fisiológico e pano úmido. Vanderlei teve queimaduras de 3º grau nos braços, na barriga e nas pernas, e passou por diversos procedimentos.

De janeiro a abril de 2021, o CTQ do Hospital Dr. Jayme realizou 1.411 atendimentos, entre consultas, procedimentos ambulatoriais e cirurgias. No mesmo período em 2020, foram 2.235 atendimentos. Em 2020, durante todo ano foram realizados 5.238 atendimentos, enquanto em 2019 foram 9.516.

PUBLICIDADE