Aderes e Ifes alinham parceria para ocupar galpões do IBC em Jardim da Penha

O espaço foi cedido em guarda provisória pela SPU-ES, por um prazo de 20 anos, e o Ifes pode ocupar uma área de 23 mil metros quadrados

0
13
Reitor do Ifes, Jadir Pela, e o diretor-presidente da Aderes, Alberto Gavini. Foto: Divulgação

A Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes), sinalizou interesse de disponibilizar serviços voltados a empreendedores no Centro de Inovação e Empreendedorismo que o Instituto Federal do Espírito (Ifes) instalará nos galpões do IBC, em Jardim da Penha.

O espaço foi cedido em guarda provisória pela secretaria de Patrimônio da União no Estado (SPU-ES), por um prazo de 20 anos, e o Ifes pode ocupar uma área de 23 mil metros quadrados. Segundo o reitor do Ifes, Jadir Pela, o espaço abrigará a reitoria, o Centro de Formação em Educação a Distância, um Centro Tecnológico, um Polo de Inovação, a Agência de Inovação do Ifes, a Incubadora e laboratórios multiuso e um espaço maker.

De acordo com o diretor-presidente da Aderes, Alberto Gavini, a intenção é disponibilizar quatro eixos de serviços no local, e o primeiro é a incubagem de negócios. “Vamos trabalhar com a incubadora tanto no que trata dos segmentos tradicionais da economia – como marcenaria, padaria, confecção, entre outros – quanto com o segmento inovador. Nossa intenção é atender à sociedade como um todo a partir de chamamentos públicos”, ressaltou.

Outro eixo de trabalho da Aderes será apoiar os projetos de inovação da instituição, como, por exemplo, já vem sendo feito com o Ifes de Viana, com a mentoria de projetos inovadores. Além disso, segundo Alberto Gavini, o objetivo é trabalhar a exportação de produtos produzidos por pequenos negócios, criando metodologia ou mesmo prestando consultoria para os empreendedores. O último eixo de trabalho será a formação, e essa poderá ser tanto para quem já é empreendedor e quer se aperfeiçoar no que faz quanto para quem não é empreendedor e quer ter um negócio.

PUBLICIDADE