Ação de limpeza retira 2,8 toneladas de resíduos do manguezal

A ação envolveu a equipe da secretaria municipal de Meio Ambiente, alunos da EMEF Marechal Mascarenhas de Moraes, catadores de caranguejos, coletores da Central de Serviço, guarda-vidas de Vitória, Instituto Canal, Polícia Ambiental e voluntários

0
6
Dia do Manguezal: grande ação de limpeza

Por Felipe Mansur
Um esforço coletivo em prol da preservação de um tesouro de Vitória. Ontem 26, Dia Internacional de Conservação dos Manguezais e Dia Municipal do Manguezal, uma grande ação de limpeza no manguezal de Maria Ortiz, por terra e mar, retirou 2,8 toneladas resíduos do local. A ação envolveu a equipe da secretaria municipal de Meio Ambiente, alunos da EMEF Marechal Mascarenhas de Moraes, catadores de caranguejos, coletores da Central de Serviço, guarda-vidas de Vitória, Instituto Canal, Polícia Ambiental e voluntários.

O prefeito Lorenzo Pazolini participou da ação, que começou com uma caminhada dos alunos até a região de manguezal de Maria Ortiz, com o apoio da Guarda Municipal de Vitória. Com cartazes e cantos, os estudantes chamaram a atenção para a importância de se preservar esse ecossistema. O município de Vitória possui uma área territorial de aproximadamente 96,54 km². Deste total, aproximadamente 12 km² são compostos por áreas de manguezal, que abrigam uma rica diversidade ecológica, social e cultural, que o município vem preservando ao longo dos anos, por meio de inúmeras ações socioambientais.

É uma ação que envolve arte, cultura e a vida. O manguezal é vida, não só para a Grande Goiabeiras, mas para toda cidade de Vitória. Nós temos o maior manguezal urbano da América Latina e, por isso, precisamos da união de todos para a sua preservação. Nossa cidade se destaca na proteção ao meio ambiente. Temos cerca de 40% do nosso território preservado“, disse o prefeito Lorenzo Pazolini.

A subsecretária de Qualidade Ambiental e Bem-estar Animal de Vitória, Cristiane Stem, destacou que os alunos são importantes multiplicadores da preservação do meio ambiente em seus lares: “A limpeza do manguezal de Maria Ortiz é mais uma ação de preservação que a prefeitura realiza. Ao longo de todo o ano, é mantido um trabalho permanente nesse sentido“.

Um dos parceiros da ação de limpeza foi o Instituto Canal, que promove atividades de preservação ambiental, em parceria com a prefeitura. “O manguezal abriga várias espécies, de aves a peixes. Aqui é um verdadeiro berçário da vida marinha“, disse o presidente do Instituto, Sandro Firmino.

Além da limpeza no manguezal, a prefeitura organizou a exposição “Manguezal: Múltiplos Olhares“, no Museu do Pescador, na Ilha das Caieiras, que conta com 32 telas do artista Rogério Dalmonech, retratando o ecossistema. No Parque Botânico da Vale está a mostra “Um Olhar sobre o Manguezal de Vitória“.

Vitória desenvolve, ainda, o Projeto “Mangueando na Educação“, desenvolvido pela Gerência de Educação Ambiental, que tem como principal objetivo promover processos de educação ambiental por meio de uma perspectiva crítica. O intuito é ampliar o nível de conscientização da população quanto à importância da preservação do ecossistema manguezal, considerando suas características ecológicas, socioambientais, culturais e cênicas.

PUBLICIDADE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui