Vitória terá agendamento online para vacinar contra covid

Segundo a secretária de Saúde, Thais Cohen, o público-alvo da primeira etapa serão os idosos acima de 75 anos, pacientes que estão em instituição de longa permanência, população indígena e os profissionais de saúde na linha de frente contra a covid

0
18
Thais Cohen. Foto: Divulgação

Mesmo com o início da vacinação no Brasil ainda indefinida pelo descaso do governo federal em decidir por uma data, apesar de mais de 200 mil mortes no País, a imunização contra a covid-19 no Espírito Santo levou a Prefeitura de Vitória, quando a vacina estiver disponível, a fazer o agendamento online para atender aos grupos de idosos acima de 75 anos, pacientes que estão em instituição de longa permanência, população indígena e os profissionais de saúde na linha de frente contra a doença.

Vitória é o terceiro município em número de casos no Estado, e na capital o cidadão poderá agendar online, como já vem ocorrendo em outras campanhas de vacinação. Atualmente, são mais de 30 mil casos e 611 mortes. Segundo a secretária municipal de Saúde, Thais Cohen, na foto, não há um número definido de doses do imunizante a ser repassado pela secretaria estadual. Mas, haverá um reforço no atendimento que irá além das 28 salas de vacinação disponíveis na rede.

“O agendamento será online e via aplicativo. Porém, quem não tem acesso à internet poderá procurar a unidade de saúde de referência. Na primeira fase, esperamos vacinar 32 mil pessoas”, disse a secretária. Dentro do plano, há previsão de atendimento em domicílio a pacientes acamados. “Estamos preparando formatos alternativos caso o quantitativo de doses possibilite uma vacinação em massa”, revelou.

A secretária analisa que nas próximas semanas pode haver um aumento de notificações, resultado das aglomerações de final de ano. “Estamos cientes desses números e dessa nova aceleração da covid e temos preparadas todas as unidades de saúde para trabalhar no formato fast track, ou seja, o paciente sintomático respiratório tem prioridade para que ele não fique circulando muito tempo, mas também que ele seja atendido rapidamente”, destacou.

PUBLICIDADE