Vitória inova e adquire o programa TiX Letramento para a Educação Especial

O investimento é de R$ 2.319.570

0
16
O programa amplia as possibilidades de acessibilidade, comunicação, criatividade e de desenvolvimento de competências e habilidades de leitura, de produção de textos e de cálculos matemáticos, que são condições essenciais para o estudante aprender, conviver e pensar criticamente. Foto: Divulgação/PMV

Novas possibilidades de ensino-aprendizagem para estudantes atendidos pela Educação Especial. Vitória alia inovação à política pública ao adquirir o programa TiX Letramento, que garante autonomia, independência e privacidade aos estudantes com deficiências físicas e motoras ou cognitivas, Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD), transtornos do espectro autista (TEA), transtornos e dificuldades de aprendizagem. O investimento é de R$ 2.319.570.

O programa amplia as possibilidades de acessibilidade, comunicação, criatividade e de desenvolvimento de competências e habilidades de leitura, de produção de textos e de cálculos matemáticos, que são condições essenciais para o estudante aprender, conviver e pensar criticamente, estimulando-o a solucionar problemas e fazer escolhas responsáveis. O teclado inteligente, que compõe o TiX, pode ser acionado de diferentes formas pelo estudante, até mesmo com o piscar dos olhos.

O prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, reafirmou o compromisso da gestão de estar ao lado das pessoas que mais precisam, invertendo o foco de interesse da administração pública do município, ressaltando que temos cerca de 45 mil estudantes desde 6 meses até os 103 anos de idade. Atualmente, Vitória tem 1.834 estudantes matriculados que são atendidos pela Educação Especial.

O programa educacional TiX Letramento visa a apoiar os profissionais da Educação Especial e o Atendimento Educacional Especializado (AEE). Em Vitória, foram adquiridos 54 conjuntos que compõem o programa, contemplando 53 unidades de ensino que realizam o AEE e a sede da Secretaria de Educação.

PUBLICIDADE