Vitória fiscaliza ligações clandestinas de esgotos

Várias ações já foram realizadas na região do rio Camburi, que tiveram impactos expressivos, como o aumento do volume e da qualidade da água

0
5
Ação de fiscalização. Foto: André Sobral

As equipes da secretaria de Meio Ambiente de Vitória fizeram mais uma ação de vistoria de ligações de esgoto residencial à rede coletora da Cesan. Desta vez, os fiscais se concentraram na região do rio Camburi, em Jardim Camburi, e vistoriaram os pontos de inspeção de cerca de 150 imóveis. A grande maioria estava em situação regular.

Já as unidades que não estavam interligadas à rede da Cesan serão notificadas e os proprietários receberão um prazo de 90 dias para realizar a adequação, conforme estabelece a legislação. Esta fiscalização é um dos principais fatores que contribuem para a balneabilidade das praias. Desde o início do ano, dos 24 pontos de monitoramento da Praia de Camburi, 20 estão próprios para banho.

A ação no rio Camburi aponta para uma mudança na metodologia da fiscalização. As inspeções deixaram de ser feitas por bairros e passaram a alcançar bacias de drenagem, de forma mais inteligente e objetiva. Neste sentido, várias ações já foram realizadas na região, que tiveram impactos imediatos e expressivos, como o aumento do volume e da qualidade da água do rio e redução do odor.

O ponto em que o rio Camburi deságua na praia é próprio para banho e tornou-se um cenário muito apreciado pelos moradores. Porém, devido ao crescimento urbano desordenado, sem respeito ao afastamento e à mata ciliar, como prevê a legislação atual, o rio passa despercebido pelo bairro, por baixo dos imóveis e ruas, e o esgoto irregular acaba caindo na praia.

PUBLICIDADE