Vitória atinge menor índice de homicídios no 1° trimestre desde 1996

Com 12 registros em 2022 (foram 18 no ano passado), o dado reflete no trabalho desenvolvido pela secretaria municipal de Segurança Urbana desde o início da atual gestão

1
17
Para alcançar esse resultado, Vitória realizou, desde janeiro de 2021, diversas ações integradas da Guarda Civil Municipal de Vitória com Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal

Com queda de 33,3% do número de homicídios em relação ao primeiro trimestre de 2021, Vitória alcançou o menor índice deste tipo de crime desde 1996, ano em que os dados começaram a ser coletados. Com 12 registros em 2022 (foram 18 no ano passado), o dado reflete no trabalho desenvolvido pela secretaria municipal de Segurança Urbana desde o início da atual gestão.

No comparativo com o ano de 2017, a redução de homicídios na Capital é de 57,14%, entre janeiro e março, quando foram registrados 28 casos. Nos anos seguintes foram 19 (2018), 22 (2019) e 15 (2020).

Para alcançar esse resultado, Vitória realizou, desde janeiro de 2021, diversas ações integradas da Guarda Civil Municipal de Vitória com Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, setores de fiscalização da Prefeitura de Vitória, além de capacitação dos agentes, compra de equipamentos e armamentos, e uso de tecnologia. Tudo isso foi fundamental para chegar a esse resultado“, explica o secretário Ícaro Ruginski.

*Prisões*
Um homem de 55 anos, com mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio, foi detido pela Guarda, por volta das 11h20, no último dia 24. A abordagem ocorreu próximo à praça Costa Pereira, no Centro. Ele foi encaminhado para a Delegacia Regional de Vitória, no bairro Horto. O crime foi cometido em Minas Gerais, no ano de 2018. O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo 2° Tribunal do Júri da Comarca de Belo Horizonte (MG).

Outra ação importante foi no dia 22 de março, quando a Guarda Municipal participou de uma operação para prender suspeitos com mandados em aberto por homicídios. Foi uma ação conjunta com a Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e secretaria de Estado da Justiça.

Em 2021, no dia 10 de março, a Guarda Municipal prendeu o então segundo homem mais procurado do Espírito Santo, acusado de homicídio e de ser membro de uma das principais organizações criminosas do tráfico de entorpecentes no Estado.

São ações diárias, planejadas ou por patrulhamento, que mostram a importância da municipalização da segurança pública, tornando as cidades cada vez mais seguras. Criamos a Gerência de Inteligência e Integração para somar os esforços junto aos agentes de rua e os que ficam na Central Integrada de Operações e Monitoramento, tendo uso da tecnologia para reduzir os índices criminais“, destaca o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini.

PUBLICIDADE

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui