Sistema Findes entrega capacetes respiratórios ao Hospital Estadual Dório Silva

O Sistema Findes fez a aquisição dos equipamentos e a Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), que participou do desenvolvimento do capacete, fez a doação de mais cinco “Elmos” para a Findes, totalizando 10 unidades

0
15
Foto: Divulgação

Na sexta-feira 26, a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), por meio do Sesi ES, entregou cinco capacetes respiratórios, os chamados Elmos, ao Hospital Estadual Dório Silva, na Serra. O gerente do Sesi ES, Flávio Rodrigues, acompanhou a entrega e foi recebido pela diretora do hospital, Gilmara Sossai.

A chegada desse equipamento ao hospital significa um avanço para o nosso serviço e para a assistência como um todo. Ganhamos não só no conforto do paciente, mas também na segurança para a equipe. Com certeza, a qualidade na assistência aos pacientes irá melhorar e, além disso, não existirá o risco de contaminação da equipe e de outros pacientes. Essa doação está sendo um marco”, disse, Gilmara.

O Sistema Findes fez a aquisição dos equipamentos e a Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), que participou do desenvolvimento do capacete, fez a doação de mais cinco “Elmos” para a Findes, totalizando 10 unidades. Nesta sexta, cinco já foram entregues ao Dório Silva. Para a presidente da Findes, Cris Samorini, a doação dos equipamentos também representa uma etapa importante nessa fase de medidas contra a covid-19.

“Os Elmos podem ser utilizados nas Upas e em qualquer unidade hospitalar como, UTIs e enfermarias. Além disso, os capacetes evitam a intubação e diminui as suas consequências em cerca de 50% a 60% dos casos. Estamos esperançosos para que, além de todos os protocolos de segurança contra a pandemia, estes equipamentos colaborem na assistência aos pacientes”, disse Cris Samorini.

Vantagens e benefícios do “Elmo”
É um dispositivo não invasivo e de baixíssimo custo;
Pode ser reutilizado, desde que esterilizado;
Evita a intubação e suas consequências em cerca de 50% a 60% dos casos;
O paciente se recupera mais rapidamente, dando oportunidade da vaga hospitalar para o próximo;
Reduz os custos hospitalares pela redução do tempo de internação dos pacientes;
Pode ser usado nas UPAS e em qualquer unidade hospitalar (enfermarias, UTIs);
Diminui o risco de contaminação dos profissionais de saúde;
O treinamento para o seu uso e aplicabilidade é realizado por profissionais de saúde capacitados;
Todas as peças de fabricação do Elmo são produzidas no Ceará;
A manutenção e esterilização é realizada com baixo custo;
Pode ser usado para outras doenças pulmonares.

PUBLICIDADE