Serra quer corredor exclusivo para ônibus do Transcol na BR-101

De acordo com o prefeito Sérgio Vidigal, há previsão de instalação de uma via exclusiva para ônibus e estações para embarque e desembarque do Sistema Transcol na futura avenida Mestre Álvaro, que hoje funciona como BR-101

0
17
Foto: Divulgação

Seja de ônibus, carro ou moto, passar pela atual rodovia BR-101, no trecho que corta o município da Serra, sempre é sinônimo de congestionamento e demora. No entanto, os projetos para a via preveem mudanças para facilitar, principalmente, quem optar pelo transporte coletivo. De acordo com o prefeito Sérgio Vidigal, há previsão de instalação de uma via exclusiva para ônibus e estações para embarque e desembarque do Sistema Transcol na futura avenida Mestre Álvaro, que hoje funciona como BR-101.

Em entrevista ao programa De Olho no Poder, com Fabi Tostes, na Rádio Pan News Vitória, Vidigal afirmou que para as intervenções, é preciso que sejam concluídas as obras do contorno do Mestre Álvaro, futura BR-101. “Se a BR sair de lá, a avenida Mestre Álvaro, como vamos chamar, será um grande corredor de ônibus e podemos criar as estações, como tem em Curitiba, e as linhas do Transcol dos bairros viram linhas alimentadoras. A obra da nova BR-101 deve ficar pronta em 2023. Seria em 2022, mas o governo federal não aportou nenhum recurso do orçamento da união, apenas da emenda de bancada”, explicou.

Vidigal também listou outros projetos que visam melhorar a mobilidade urbana da Serra. Segundo ele, são planos adormecidos que estão sendo resgatados. Para isso, o prefeito afirma que é indispensável a conclusão das obras da nova BR-101, realizada pelo governo federal: “O que cobramos do governo federal é o término da obra do contorno do Mestre Álvaro, pois é uma obra muito importante para a cidade. A Serra hoje está dividida. Temos uma Serra de um lado e outra do outro lado da BR. Isso acaba dificultando a integração da cidade”.

O prefeito detalhou três projetos que já estão em pauta para a viabilidade da execução. Além disso, a cidade ainda conta com obras executadas pelo governo estadual: “A prefeitura está resgatando três projetos importantes: o binário de Jardim Limoeiro, que a proposta já está em fase de licitação para fazer uma via paralela e transformar trechos de São Geraldo até a entrada da Norte Sul em mão única; outro projeto que estamos terminando de resgatar é a estrada Serra-Jacaraípe, onde queremos executar um viaduto; a outra é uma obra em Cidade Pomar, que o Dnit ia executar, criando uma nova via no transporte coletivo”.

Vidigal ainda citou a obra, realizada pelo governo do Estado, do contorno de Jacaraípe. No entanto, segundo ele, não estão sendo criadas novas vias, apenas melhorando a rodovia que já existe no local. Para execução das obras, o prefeito aposta em programas de crédito do governo federal.

PUBLICIDADE