Procon aponta variação de preço de até 300% nos supermercados de Vitória

Pesquisa do Procon de Vitória foi realizada nos dias 14 e 15 de abril e abrangeu 63 produtos considerados de primeira necessidade

0
11
Foto Ilustrativa: Divulgação

Por Regina Freitas

Mais um levantamento do Procon de Vitória mostra por que é tão importante pesquisar antes de fazer uma compra. Uma pesquisa comparativa de preços de produtos considerados de primeira necessidade, realizada em nove supermercados da capital, identificou uma variação de 300,40%.

A gerente do Procon de Vitória, Denize Izaita, informou que a pesquisa foi realizada nos dias 14 e 15 de abril e abrangeu 63 produtos. O levantamento foi feito em nove supermercados da capital. “A pesquisa tem o objetivo de apresentar ao consumidor um comparativo de preços e chamar atenção para a necessidade de se fazer uma observação dos valores em vários estabelecimentos antes das compras”, destacou Denize.

A pesquisa traz um comparativo entre os preços praticados em março e abril de 2021. O maior aumento foi encontrado no quilo do mamão havaí (62,54%), passando de R$ 2,69 para R$ 4,86. A maior redução foi constatada no talco de bebê (200g), que caiu de R$ 17,39 para R$ 10,80, o que representa uma redução de 37,90%.

Os fiscais do Procon constataram que os cinco produtos com maior variação foram:
Laranja-pera (o quilo): variação de 300,40% (de R$2,49 a R$ 9,97)
Creme dental tripla proteção (de 70g): variação de 284,02% (de R$ 1,69 a R$ 6,49)
Mortadela (o quilo): variação de 188,42% (de R$ 8,88 a R$ 25,90)
Tomate (o quilo): variação de 141,53% (de R$ 2,48 a R$ 5,99)
Batata inglesa (o quilo): variação de 140,16% (de R$ 2,49 a R$ 5,98).

PUBLICIDADE