Passageiros da capital circularão pela Grande Vitória pagando uma tarifa

O passageiro que já utiliza o transporte em Vitória continuará a pagar R$ 4,00 pela passagem e terá a opção de se deslocar para outros municípios sem nenhum prejuízo

0
4
Linhas dos ônibus "verdinhos" passarão a ser chamadas de linhas alimentadoras. Foto: Divulgação

Quem sair de qualquer bairro de Vitória e ir até um dos terminais do Transcol pagará apenas uma passagem de ônibus. Isso será possível a partir da integração do sistema de Vitória com os coletivos do transporte metropolitano, a partir de amanhã 10. As cores dos ônibus municipais, os itinerários e os cartões usados serão os mesmos e as linhas do transporte municipal passarão a ser chamadas de linhas alimentadoras.

O usuário que sai de qualquer bairro da capital terá 30 minutos para embarcar gratuitamente em uma linha do Transcol. Já o passageiro do Transcol terá uma hora para mudar para um ônibus que circula na capital sem pagar nova tarifa. O passageiro de Vitória que tem como destino um dos terminais da Grande Vitória terá 1h30 para embarque gratuito. Em quaisquer dos casos, o tempo começará a contar do momento em que é feito o primeiro embarque. Se o tempo extrapolar, haverá cobrança automática de mais uma passagem.

São 132 ônibus do sistema municipal de Vitória e 51 linhas operando atualmente na capital (92 ônibus convencionais e 40 micro-ônibus). O procedimento de integração com o Transcol é semelhante ao que ocorre nos terminais. Ali, os passageiros têm a possibilidade de migrar de uma linha alimentadora para uma troncal e vice-versa.

Como Vitória não possui terminais, essa migração poderá ser feita nos próprios pontos de ônibus, desde que respeitado o tempo e usando o mesmo cartão de hoje. Diariamente, em média, 35 mil passageiros utilizam os ônibus de Vitória. O passageiro que já utiliza o transporte em Vitória continuará a pagar R$ 4,00 pela passagem e terá a opção de se deslocar para outros municípios sem nenhum prejuízo.

PUBLICIDADE