Passageiros com covid-19 serão monitorados em ônibus e avião

Medida servirá para o enfrentamento da pandemia no Estado e usuários serão informados por SMS se viajaram com algum infectado pela covid-19

0
6
Foto: Acervo/Divulgação

Quem viajar de ônibus ou avião para outros estados ou para outros municípios do Espírito Santo terá seus dados anotados. A medida servirá para que seja realizado o monitoramento do transporte aéreo e terrestre, como forma de enfrentamento à pandemia. O fornecimento de dados pelos passageiros é obrigatório.

A portaria que institui a estratégia foi publicada na quarta-feira 10 no Diário Oficial do Espírito Santo, e as empresas têm até 14 dias para aderirem à proposta. Elas deverão realizar a alimentação de dados em uma espécie de aplicativo, disponibilizado pelo governo estadual.

De acordo com o texto da portaria, a medida visa realizar um cruzamento diário de informações do Painel Covid-19 com todos os passageiros que realizarem viagens interestaduais ou intermunicipais, usando aviões ou ônibus como meio de transporte. Dessa forma, haverá a ampliação da capacidade de rastreamento e monitoramento dos contatos dos pacientes infectados pela doença.

Ao efetuar a compra das passagens ou no momento do embarque, o passageiro deverá informar dados pessoais, incluindo nome completo, número de telefone celular e CPF. Um monitoramento será realizado em até sete dias após a data da viagem. Caso alguém apresente sintomas ou seja testado positivamente, todos os passageiros que viajaram juntos serão informados, por mensagem de texto, sobre a necessidade de vigiar os sintomas respiratórios e procurar um serviço de saúde.

PUBLICIDADE