Núcleo do Terceiro Setor é inaugurado na Assembleia

O evento de inauguração reuniu autoridades e representantes de diversos órgãos e entidades

0
46
Inauguração do Núcleo do Terceiro Setor

Por Silvia Magna

A Assembleia Legislativa inaugurou o Núcleo do Terceiro Setor Otacílio Coser. O núcleo fica localizado no Espaço Assembleia Cidadã, no térreo do Parlamento estadual. O evento de inauguração reuniu autoridades e representantes de diversos órgãos e entidades, como a Federação das Apaes do Espírito Santo, Federação das Associações Pestalozzi e Associação dos Amigos dos Autistas (Amaes).

A iniciativa visa proporcionar a interlocução entre organizações da sociedade civil, poder público e iniciativa privada por meio de suporte e capacitações com vistas a promover a transparência e agilidade nos serviços prestados por essas instituições à população. O coordenador, Carlos Ajur, afirmou que o trabalho terá como norte a excelência na prestação de serviços aos cidadãos. Deficiente visual, ele exaltou o empenho da Assembleia em facilitar o dia a dia da população: “Esta Casa é exemplo e mostra para o resto do país que é possível prestar serviço de qualidade às pessoas”.

O idealizador do projeto, deputado Doutor Hércules, também se pronunciou: “É necessário olhar pelas minorias. Este será mais um ponto de apoio ao terceiro setor, que tem um papel fundamental na sociedade”, declarou. O presidente da Assembleia, deputado Erick Musso, destacou que este é um serviço pioneiro oferecido pelo Espaço Assembleia Cidadã, e é papel da Casa Legislativa estar cada vez mais perto da população por meio da prestação de serviços como os que são ofertados no local.

O objetivo do Núcleo do Terceiro Setor Otacílio Coser é apoiar entidades que prestam serviços sociais e assistenciais aos capixabas, bem como fomentar parcerias entre o poder público e o terceiro setor. O núcleo atua no apoio e capacitação dessas entidades, que são muito importantes para a área de saúde e assistência social. Agora, o terceiro setor tem representatividade institucionalizada dentro da Assembleia Legislativa do Espírito Santo”, disse Musso.

Profissionalização

Segundo os representantes do terceiro setor, o segmento carece de avanços e melhorias em todos os aspectos. “Precisa de profissionalização, transparência e prestação de contas para ofertar tudo isso à sociedade por meio de reputação e credibilidade. O propósito é dialogar cada vez mais com a sociedade, doando tempo e recurso para cobrar dos gestores que os resultados sejam entregues à sociedade”, afirmou o presidente da Federação das Fundações do Espírito Santo (Fundaes), Robson Melo.

Para o presidente da Federação das Apaes no Estado, Vanderson Gaburro, o núcleo passa a ser um ponto de apoio para os gestores das entidades no estado. “Mais do que nunca, o papel das organizações é ressaltado para garantir a visibilidade e igualdade. Nunca foi tão importante a união como neste momento de pandemia. Se não fosse o trabalho importante das associações, teríamos regredido nos direitos que alcançamos”, declarou.

Otacílio Coser

Otacílio Coser foi um dos maiores empresários do Espírito Santo, com forte atuação no comércio exterior, cafeicultura, infraestrutura e mercado imobiliário. Uma fundação que leva seu nome atua desde 1999 junto a comunidades capixabas levando programas de educação e desenvolvimento sustentável. “Meu avô sempre se preocupou com a questão social e receber esta homenagem é uma grande honra para toda a família”, declarou Leonardo Coser, neto do empresário.

PUBLICIDADE