Majeski propõe que trabalhador essencial no dia a dia das cidades tenha prioridade na vacinação

A solicitação contempla os profissionais de limpeza urbana e coleta de lixo, de supermercados, padarias e lojas de produtos alimentícios, do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e motoristas do transporte coletivo urbano

0
18
O deputado estadual Sergio Majeski. Foto: Ellen Campanharo

O deputado estadual Sergio Majeski apresentou indicação ao Governo do Estado, para garantir a inclusão no grupo prioritário para vacinação contra a covid-19 os trabalhadores que são obrigados a permanecer exercendo suas atividades profissionais diariamente. A solicitação contempla os profissionais de limpeza urbana e coleta de lixo, de supermercados, padarias e lojas de produtos alimentícios, do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e motoristas do transporte coletivo urbano.

“Com o agravamento da pandemia e a necessidade de adoção de medidas restritivas de circulação das pessoas, o Governo do Estado anunciou a suspensão ou diminuição de algumas atividades, mas outras foram estabelecidas como essenciais e os trabalhadores que garantem a manutenção desses serviços diariamente estão mais expostos ao risco de contaminação”, destaca Majeski.

Professores e profissionais das forças de segurança já integram o grupo prioritário de imunização contra a covid-19. Na última terça-feira 06, o Governo do Estado iniciou a vacinação de policiais, bombeiros e guardas municipais e a imunização dos professores está programada para começar no dia 15 de abril.

“Compreendemos a dificuldade em estabelecer prioridades, por conta da escassez de vacinas. Respeito muito o trabalho da secretaria de Saúde, que tem acertado muito mais que errado. A tomada de decisões realmente é difícil e complicada. Nossa solicitação é para contemplar grupos de trabalhadores que não têm a opção de ficar em casa”, completa Majeski.

PUBLICIDADE