Hospital Estadual Materno Infantil inaugurado na Serra

A previsão é de que a unidade passe a dispor mais 90 leitos de enfermaria adulto e, até final de maio, mais 13 leitos de enfermaria adulto e 19 leitos de UTI para casos de complicação súbita, totalizando 152 leitos para tratamento da covid-19

0
17
Foto: Hélio Filho/Secom

O Hospital Estadual Materno Infantil, no município da Serra, começou a receber os primeiros pacientes para o tratamento da covid-19, com a disponibilização dos primeiros 30 leitos de enfermaria adulto. A previsão é de que a unidade passe a dispor mais 90 leitos de enfermaria adulto e, até final de maio, mais 13 leitos de enfermaria adulto e 19 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para casos de complicação súbita, totalizando 152 leitos para tratamento da covid-19.

Construída pela prefeitura e transferida para a gestão do Governo do Estado, em 2020, a unidade foi integrada como anexo ao Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, referência do Espírito Santo para o tratamento de casos graves e potencialmente graves da covid-19. O acesso à nova unidade é feito pela Central Estadual de Regulação de Leitos.

De acordo com a secretaria de Estado da Saúde, a expectativa é que, ao final da pandemia, o perfil temporário de atendimento aos pacientes covid-19 do Hospital Estadual Materno Infantil possa ser ajustado para a implementação do serviço de maternidade, com a possibilidade também de readequar o quadro de especialidades ofertados pelo Hospital Dr. Jayme.

O Governo do Estado celebrou Termo Aditivo ao Contrato de Gestão 01/2012 com a Organização Social Associação Evangélica Beneficente Espírito-Santense (AEBES), para oferta de leitos, utilizando-se da estrutura do então Hospital Materno Infantil da Serra (HMIS). Durante o processo de efetivação da unidade para o seu funcionamento, a organização foi responsável pela contratação da equipe médica e do corpo administrativo.

PUBLICIDADE