Governo do Estado anuncia Sistema de Conexões para linhas do Transcol em Viana

Após o sucesso do modelo de matriz de conexão temporal, implantado em Vitória, já é possível adotar o modelo de conexões em Viana, seguindo o mesmo princípio

0
11
Foto: Divulgação

Como Vitória não tem um Terminal do Transcol, a conexão entre linhas se tornou possível graças à nova tecnologia de bilhetagem eletrônica, implantada a partir de 2019 e que permite um segundo embarque sem o pagamento de uma nova tarifa. A partir do próximo dia 05, essa inovação facilitará os deslocamentos entre as regiões de Viana.

Por não contar com um Terminal na capital, alguns deslocamentos no município atualmente são demorados e com viagens negativas, isto é, o cidadão precisa se deslocar de um bairro de Viana até o Terminal de Campo Grande, em Cariacica, para voltar para outro bairro daquele mesmo município.

Após o sucesso do modelo de matriz de conexão temporal, implantado em Vitória, já é possível adotar o modelo de conexões em Viana, seguindo o mesmo princípio. “O Viana + Conectada ao Transcol é fruto da tecnologia. Queríamos fazer essa integração em Viana, pois ajuda tanto as pessoas quanto o comércio do município. Para que a gente não tenha uma rodovia separando a Viana de um lado e a Viana do outro”, afirmou o governador Renato Casagrande.

No modelo do Viana conectada, as linhas alimentadoras e as linhas municipais do município (900) permitirão a conexão temporal com outras linhas alimentadoras e/ou municipais (também 900). Ao todo, o Viana + Conectada com o Sistema Transcol contará com mais quase 200 possibilidades de conexões entre as linhas que ligam as regiões de Viana, que foram divididas em três: as que atendem à Região Sede e entorno; as que atendem à região de Marcílio de Noronha e entorno; e as que atendem à Região Vila Betânia e entorno. As conexões permitem que o passageiro circule entre essas regiões, com dois embarques, sem a necessidade de passar por um terminal ou de pagar uma nova tarifa.

Assim como em Vitória, a conexão entre as linhas terá regras específicas. Obrigatoriamente, o passageiro precisa utilizar o CartãoGV para fazer a conexão em Vitória. É a tecnologia do sistema de Bilhetagem Eletrônica que permite ao usuário fazer um novo embarque, sem pagar novamente a tarifa. Em Viana, em vez do passageiro seguir até um terminal para fazer a conexão com outras linhas, ele terá um tempo para realizar um segundo embarque nas linhas pré-estabelecidas pela matriz.

PUBLICIDADE