Gavião-pombo é devolvido ao Parque da Fonte Grande

No momento da soltura, quando a porta da caixa de transporte foi aberta, ele voou rapidamente

0
8
Gavião ganhou peso, fortaleceu a pata, recuperou-se dos ferimentos e foi considerado apto para a soltura. Foto: André Sobral

Por Edlamara Conti

Quinze dias de cuidados e acompanhamento foram suficientes para o gavião-pombo resgatado em Fradinhos se recuperar de fraturas e ferimentos e poder voltar a voar. A ave rara, ameaçada de extinção, foi devolvida ao seu habitat, o Parque da Fonte Grande, pelas equipes da secretaria municipal de Meio Ambiente e do Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (Ipram).

No momento da soltura, quando a porta da caixa de transporte foi aberta, ele voou rapidamente. Há 15 dias, magro e desorientado, o gavião-pombo (Amadonastur lacernulatus) entrou no quintal de uma casa em busca de alimentos. O cachorro da família o abocanhou, provocando fratura na pata e ferimentos graves pelo corpo. A moradora da casa conseguiu soltar a ave e o marido dela acionou o Serviço de Resgate de Animais Silvestres.

O biólogo Saulo Ramos foi quem fez o resgate e levou a ave para o tratamento adequado no Ipram. Durante o tratamento, o gavião ganhou peso, fortaleceu a pata, recuperou-se dos ferimentos e foi considerado apto para a soltura pelo veterinário Leandro Egert, do Ipram. Desde janeiro, já foram resgatados 92 animais silvestres, sendo 32 gambás, 16 jiboias, 12 macacos, corujas, papagaios, canários, maritacas, jabutis, cágados e tartarugas, tatus e outros animais.

Para quem encontrar um animal silvestre fora do seu habitat, a orientação é ligar imediatamente para o serviço, seguir as orientações e aguardar o profissional fazer o recolhimento. O animal será avaliado e poderá ser reintroduzido diretamente à natureza, em um dos parques naturais de Vitória, ou levado ao Ipran, em Cariacica, ou para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Barcelona, na Serra. O atendimento é feito pelo telefone (27) 99724-2788 ou pelo 156.

PUBLICIDADE