Galpão das Paneleiras receberá obras de melhorias

A Ordem de Serviço para o início dos trabalhos foi assinada na tarde de quarta-feira 07, Dia das Paneleiras, pelo prefeito da capital, Lorenzo Pazolini

0
8
Prefeito Lorenzo Pazolini assinou a Ordem de Serviço para melhorias no mezanino do Galpão das Paneleiras. Foto: Jansen Lube

Por Felipe Mansur

Um espaço que abriga a tradição de um saber que é Patrimônio Imaterial do Brasil. Mais que um espaço físico onde gerações de paneleiras exercem seu ofício com tanta maestria, o Galpão de Goiabeiras é uma referência cultural e histórica para Vitória, Espírito Santo e País e passará por obras de melhorias. O mezanino do local será reformado. A Ordem de Serviço para o início dos trabalhos foi assinada na tarde de quarta-feira 07, Dia das Paneleiras, pelo prefeito da capital, Lorenzo Pazolini.

Entre os serviços que serão executados estão a troca do piso vinílico, que se encontra solto e/ou quebrado, realocação das peças soltas e substituição das placas danificadas da rampa (piso de borracha em placas), vedação externa em vidro para proteção da água da chuva, recuperação de painéis danificados no assoalho e recuperação das estruturas metálicas danificadas.

Serão investidos cerca de R$ 70 mil na reforma, e a previsão é que as obras sejam concluídas no segundo semestre deste ano. No Galpão, comercializam-se, além das panelas, outras peças feitas com o material extraído do mangue. O local abriga, ainda, a sede da Associação das Paneleiras de Goiabeiras.

Felicidade

“Para nós, é uma felicidade, uma honra e uma satisfação muito grandes retornar a esse local tão simbólico para a nossa capital. É o primeiro bem cultural de natureza imaterial reconhecido pelo Iphan! Isso tem um peso e um significado muito grande para a história do Espírito Santo, e poder retornar aqui nessa data simbólica tão importante para autorizar uma Ordem de Serviço é muito significativo. Eu tenho certeza que nós teremos um local muito mais adequado e digno para as paneleiras, e que nós poderemos receber os turistas muito melhor”, disse o prefeito Lorenzo Pazolini.

Sustento

A presidente da Associação das Paneleiras de Goiabeiras, Berenicia Correia Nascimento, lembrou que 86 famílias tiram o seu sustento da comercialização dos produtos. “Essa obra será muito importante para a valorização do trabalho de nós, paneleiras. É uma tradição familiar, passada de geração em geração. Todos os meus irmãos trabalham no Galpão”, afirmou. A artesã Tânia Maria Lucidato, nascida e criada em Goiabeiras, também lembrou que as intervenções vão valorizar o trabalho das profissionais. “A reforma vai ser muito boa. Vai valorizar nosso trabalho”, disse. A também artesã Heloísa Helena Ferreira lembrou que, antes da pandemia, as vendas estavam melhores, e que as obras trazem uma expectativa boa para as associadas.

PUBLICIDADE