Fiscalização já causa diminuição de 10% no furto de cabos semafóricos em Vila Velha

Os objetivos da Operação Hefesto são ordenar a cidade e coibir furtos ligados ao cobre e outros metais, fiação elétrica, cabos semafóricos, tampas de bueiro e outros que geram prejuízo ao erário público e transtorno à população, além dos furtos a outros produtos de propriedade privada

0
8
Foto: Adessandro Reis

Depois de duas edições na chamada Região 1 de Vila Velha, a Operação Hefesto III abordou ferros-velhos no bairro Jardim Marilândia, na Região 3, ontem 11. Foram três estabelecimentos vistoriados, todos autuados por falta de alvará de funcionamento. As ações já começam a causar impacto positivo na diminuição dos furtos.

Segundo a Guarda Municipal, da primeira operação até agora, o índice de furtos em cabos semafóricos, alvo recorrente dos criminosos, teve uma redução de 10%. A prefeitura irá manter ação integrada para continuar reduzindo os furtos.

Os objetivos da Operação Hefesto são ordenar a cidade e coibir furtos ligados ao cobre e outros metais, fiação elétrica, cabos semafóricos, tampas de bueiro e outros que geram prejuízo ao erário público e transtorno à população, além dos furtos a outros produtos de propriedade privada. Com a fiscalização dos possíveis receptores, estes delitos tendem a diminuir.

Em uma das abordagens foi encontrada uma carga de peças de automóvel e baterias de moto. Mesmo concedendo um tempo para apresentação das notas fiscais, o proprietário não comprovou a aquisição da mercadoria, que foi apreendida e levada, junto com o mesmo, para a Delegacia Regional de Vila Velha.

PUBLICIDADE