Finais agendadas

0
19
O Estádio Estadual Kléber José de Andrade. Foto: Divulgação/Fifa

Bola dentro da Federação de Futebol e dos clubes, ao já determinarem em regulamento, o Estádio Estadual Kleber Andrade, como local das finais em jogo único do Estadual Série B e da Copa Espírito Santo. A decisão é inédita em competições profissionais promovidas pela FES, segundo revela à Coluna, o presidente da entidade, Gustavo Vieira. A iniciativa mostra a busca pela qualidade do nível do jogo, no melhor gramado do Estado, e com os jogos transmitidos ao vivo, as imagens serão de um estádio digno de quem quer a evolução do futebol capixaba, com visibilidade mais profissional. Até porque, a maioria dos estádios locais está em condição precária.

Parceria da Desportiva

A diretoria da Desportiva Ferroviária promete anunciar no próximo dia 17 – aniversário de 58 anos do clube grená -, a parceria com uma empresa que irá fazer a gestão do clube, tanto na parte administrativa quanto no futebol. Pouco se sabe sobre a empresa que virá, mas essa mesma organização já atua no futebol e realizou um estudo de viabilidade do clube capixaba, durante quatro meses. E o diagnóstico é de que a gestão só avançará se houver a participação da comunidade em torno do clube. Como se sabe, a atual diretoria pegou a Desportiva em situação financeira difícil e esta será mais uma tentativa de colocar a agremiação em lugar de destaque local e nacional.

Rodada da Série D

Os representantes do futebol capixaba na Série D do Campeonato Brasileiro jogam neste fim de semana, pela segunda rodada da competição. Depois de perder em casa por 2 a 1 para a Caldense, o Rio Branco Atlético Clube vai a Minas Gerais enfrentar o Uberlândia. Já o Rio Branco, de Venda Nova, que empatou fora de casa por 1 a 1 com o Patrocinense, recebe o Boa Esporte.

Capixabas em Pernambuco

A Coluna pediu e recebeu contribuições dos leitores sobre mais jogadores capixabas que atuaram no futebol de Pernambuco, um Estado que sempre contrata atletas aqui do Espírito Santo. Segundo o empresário e ex-jogador Jorginho Amorim, também atuaram no futebol pernambucano o lateral-direita Marquinhos Capixaba (ex-Vitória) e o goleiro Gideão (ex-Rio Branco). Outro lembrado pelos leitores foi o ponta-direita Luiz Fumanchu (ex-Castelo). É bom lembrar também do meia-atacante Rhayner, atualmente no Japão.

Esporte na Serra

O diretor de esportes da Prefeitura da Serra, Marcelo Laporte, informa à Coluna sobre duas entregas que foram feitas pela municipalidade nesta semana à comunidade esportiva. A primeira em Jacaraípe, com a reabertura da Arena de Esportes, e das estações de cultura, cidadania e esportes. Na foto do local, aparecem Marcelo Laporte, Adail Sampaio, Marcelo Zamborlini e Marcelo Teixeira. A outra entrega foi a do Parque Caminho do Mar, em Bicanga. “Com muito trabalho e dedicação, vamos mudar a realidade de muitas pessoas”, promete Laporte, que atua em conjunto com o secretário de esportes e vice-prefeito, Thiago Carreiro.

Capixaba em Tóquio

O treinador capixaba Leandro Brachola (foto) confirma que vai à Tóquio, em busca de mais uma medalha ouro olímpica. Depois de treinar a dupla campeã Alison e Bruno Schimidt, na Olimpiada do Rio, em 2016, na chamada “madrugada dourada”, o técnico parte para os jogos deste ano, dirigindo novamente Alison, mas desta vez com o parceiro Álvaro Filho. Leandro é o mais respeitado treinador de vôlei de praia do país, considerado um estudioso de técnicas e avanços, e que sabe conduzir também o aspecto psicológico de seus atletas.

Novo presidente

Falando em vôlei, a Federação Capixaba agora é presidida pelo treinador e ex-jogador, Celso Jantorno. Ele substitui o professor Fernando Pasolini, que dirigiu a entidade por várias décadas. E neste fim de semana, a entidade promove a abertura do Estadual de Vôlei de Praia, na Praça dos Namorados, em Vitória, prometendo protocolo sanitário contra a Covid, como uso de máscara e álcool em gel.

PUBLICIDADE