De feirante a dono de indústria de carnes: conheça essa história de sucesso

Paulo José de Souza mora há 22 anos em Vila Velha, trabalhou como feirante nos bairros Aribiri, Cobilândia e Vila Nova, onde ficou muito conhecido pelo comércio de carne de porco e toucinho

0
14
O empresário Paulo José de Souza. Foto: Lilia Barros

Texto: Lilia Barros

De feirante a dono de uma indústria de carnes e embutidos, localizada em Cristóvão Colombo, o empresário Paulo José de Souza saiu da informalidade após obter o certificado do Serviço de Inspeção Municipal (SIM). Este documento regulariza o empreendimento e permite ao pequeno comércio ampliar sua produção no mercado municipal.

Paulo mora há 22 anos em Vila Velha, trabalhou como feirante nos bairros Aribiri, Cobilândia e Vila Nova, onde ficou muito conhecido pelo comércio de carne de porco e toucinho. Morou em um espaço de 5m x 7m e, aos poucos, comprou um terreno e construiu uma pequena câmara fria para estocar sua carne. Mas, somente em janeiro deste ano conseguiu ampliar sua produção, adquirindo todo o maquinário necessário para se tornar dono da indústria “Rei da Carne”, de 400 m², em dois andares. Atualmente, ele conta com 23 funcionários que trabalham produzindo, mensalmente, quatro toneladas de linguiça e 350 quilos de carne de sol por semana. Ele também comercializa cerca de 50 toneladas de carne bovina por mês.

“A prefeitura me dá apoio de 100%. Antes de pensar em ir até eles para pedir qualquer orientação, eles mesmos me oferecem assistência, orientação, inspecionam a fábrica e me motivam a crescer. Estou tão animado que decidi instalar uma distribuidora de carnes em Barramares, num espaço de 2 mil m². Quero avançar e ter 45 funcionários trabalhando comigo”, avisa.

A produção de Paulo é tão grande que ele fornece para restaurantes e vende no local, mas não dá conta de abastecer os supermercados. Tornou-se marca conhecida no município com o selo de inspeção da prefeitura. Um exemplo de que o bom ambiente de negócios favorece a chegada, desenvolvimento e manutenção de novos empreendedores.

PUBLICIDADE