Câmara de Vitória aprova projeto que combate os “sommeliers de vacina”

Agora, o projeto segue para a sanção do prefeito Lorenzo Pazolini

0
16
O vereador Anderson Goggi. Foto: Divulgação

Por Gustavo Fernando e Paulo Marcos

O projeto de autoria do vereador Anderson Goggi , que pune as pessoas que se negam a tomar a vacina contra a covid-19 por causa do fabricante, os chamados “sommeliers de vacina”, foi aprovado no plenário da Câmara de Vitória. Agora, o projeto segue para a sanção do prefeito Lorenzo Pazolini.

Esse tipo de prática, cada vez mais comum, atrasa o calendário vacinal e prejudica as pessoas que não conseguiram marcar a vacinação, já que a dose muitas vezes acaba não sendo aplicada. Segundo o projeto, aqueles que comparecerem às unidades básicas de saúde ou postos de vacinação e recusarem a aplicação do imunizante disponível não poderão ser vacinados até que todo o calendário do Plano Nacional de Imunização (PNI) seja cumprido.

A recusa será documentada por um termo de responsabilidade, que deverá ser assinado pela pessoa ou, se ela se recusar, por duas testemunhas. Dos 15 vereadores da Casa, 11 votaram a favor e apenas um contra, o vereador Gilvan da Federal. O presidente Davi Esmael não vota, e os vereadores Luiz Emanuel e Luiz Paulo Amorim estavam ausentes.

PUBLICIDADE