Bolsa Atleta 2021: Prefeitura amplia vagas e publica processo seletivo

As vagas se dividem em três diferentes categorias: Estadual, 33 vagas; Nacional, 11 vagas e Internacional, 6 vagas

0
127
Os contemplados receberão respectivamente R$ 500, R$ 1.000 e R$ 1.500 durante o período de um ano

Por Acácio Rodrigues

A secretaria municipal de Esportes e Lazer de Vitória publicou o edital do processo seletivo para concessão da Bolsa Atleta Municipal. O benefício garante um incentivo financeiro a atletas e paratletas de rendimento que representam a capital em competições oficiais.

Um dos compromissos do prefeito Lorenzo Pazolini para a gestão, o aumento do número de vagas para o recebimento do benefício foi cumprido. A oferta subiu de 45 vagas em 2019 para 50 em 2021. As vagas se dividem em três diferentes categorias: Estadual, 33 vagas; Nacional, 11 vagas e Internacional, 6 vagas. Os contemplados receberão respectivamente R$ 500, R$ 1.000 e R$ 1.500 durante o período de um ano.

Participam da seleção somente atletas com, no mínimo, 14 anos de idade, com residência fixa ou domiciliados no município de Vitória. Outro requisito importante é que, para pleitear a Bolsa, o atleta precisa ter conquistado resultados expressivos de 1°, 2° ou 3° lugar em competições oficiais máximas da modalidade nos anos de 2019 ou 2020.

Inscrições

Devido ao período de pandemia, as inscrições deverão ser realizadas somente de forma online, no período de 17 a 28 de maio, por meio do endereço eletrônico: www.protocolo.vitoria.es.gov.br onde deverão ser preenchidos os formulários e adicionada a documentação. Para conferir os anexos, acesse www.vitoria.es.gov.br/editais-semesp. Dúvidas sobre o processo poderão ser esclarecidas também por meio do e-mail copavitoria@gmail.com ou pelo telefone (27) 3382-6433.

Categorias

O Processo seletivo está dividido em três diferentes categorias:

Atleta Estadual (33 vagas): atleta com idade mínima de 14 anos que tenha participado de competições oficiais em nível municipal e/ou estadual e tenha obtido destaque como primeiro, segundo ou terceiro colocado e que continue a treinar para futuras competições. Valor da Bolsa: R$ 500;

Atleta Nacional (11 vagas): atleta com idade mínima de 14 anos que tenha conquistado na competição máxima da temporada nacional, em 2019 e/ou 2020, o primeiro, segundo ou terceiro lugar ou esteja na primeira, segunda ou terceira colocação no ranking nacional das respectivas modalidades individuais. Quanto às modalidades coletivas é necessário que tenha sido destaque ou selecionado para participar da seleção nacional em 2019 e/ou 2020, representando o Brasil, e obtido a primeira, segunda ou terceira colocação. Valor da Bolsa: R$ 1 mil;

Atleta Internacional (6 vagas): atleta com idade mínima de 14 anos que tenha integrado a seleção nacional de sua modalidade, representando o Brasil, em 2019 e/ou 2020, nos Jogos Olímpicos, Paralímpicos, Sul-Americanos, Pan-americanos, Parapan-americanos ou Copas e recordes mundiais e obtido a primeira, a segunda ou a terceira colocação e que continuem a treinar para futuras competições. Valor da Bolsa: R$ 1,5 mil.

Bolsa Atleta

Criada pela Lei Jayme Navarro de Carvalho, a Bolsa Atleta tem o objetivo promover o esporte e incentivar os atletas da capital a investir na carreira, levando o nome de Vitória para competições nacionais e internacionais.

“Estamos muito felizes com a publicação desse edital, que contou tanto com o apoio do nosso prefeito, Lorenzo Pazolini. Acreditamos ser necessário esse incentivo, essa aposta firme nesses jovens que graças ao esporte têm suas vidas transformadas. Sabemos que muitos deles enfrentam sérias dificuldades e graças a esse benefício contribuiremos para o desenvolvimento desses campeões”, disse o secretário municipal de Esportes e Lazer, Sandro Parrini.

PUBLICIDADE