Álvares em Tóquio

0
112
Divulgação

A nadadora Mariana Gesteira (foto), de 24 anos, vai buscar índice para disputar a Paralimpíada de Tóquio, em agosto. A atleta cabralista é carioca, defendeu o Botafogo em várias competições internacionais e participou das finais da Rio 2016. Há alguns meses ela está treinando na equipe do Álvares Cabral, sob o comando do treinador Leonardo Miglinas. Mariana é medalhista parapan e recordista brasileira da classe S10. O clube informa que vem trabalhando forte com atletas de alta performance, contando com 15 participantes e uma equipe multiprofissional.

Inspirando e transpirando

Divulgação

O ex-governador Paulo Hartung (foto) envia foto para a Coluna, mostrando que continua fazendo do ciclismo, ultimamente, a sua modalidade esportiva favorita. PH foi um ótimo jogador de handebol na época em que estudava economia na Ufes, representando a faculdade nos jogos universitários. Na foto, ele está na localidade de Castelinho, em Domingos Martins.

Ídolo possível

Fim de linha na carreira (pelo menos, por enquanto) para o meia-atacante Ronicley, 40 anos. Ele alegou uma lombalgia insistente (dor nas costas) para pedir rescisão de contrato ao Rio Branco, mesmo antes do fim do campeonato. A diretoria entendeu e deseja realizar um jogo de despedida para o jogador. Para a realidade do futebol capixaba, Ronicley é o chamado “ídolo possível” do São Mateus e do Rio Branco. Levou a carreira até agora, mesmo sem receber grandes salários, e às vezes até sem receber. Mas, conseguiu empatia com a torcida. Vamos ver o que fará daqui pra frente.

Campeão internacional

Divulgação

Em 1979, o Vitória Futebol Clube conseguiu conquistar, na Coreia, o único título internacional para o futebol capixaba até hoje. A foto mostra a delegação com o troféu do President Cup, na beira do gramado. Participaram da campanha o treinador Beto Pretti e os jogadores Paulo Victor, Bosco, Julinho, Osvaldir, Alípio, Osmar Pintinho, Luís Carlos, Naldo, Joadir, João Francisco, Isaías, Manga, Jarbas, Henrique Demuner, Touchê, Ademir Lobo e Mazini.

Reforma do parque

O novo Parque Olímpico de Natação do Alvares Cabral dará ao Estado condições de voltar a receber competições nacionais. A diretoria, comandada pelo presidente Renato Ferron, prevê a realização de melhorias na piscina olímpica, trocas de raias, novos e amplos vestiários e banheiros para os atletas, além de outras melhorias sociais.

Cuidando da imagem

A transmissão dos jogos do Capixabão 2021 é uma “bola dentro” da Federação, do Governo e da TV Educativa, pois aumenta potencialmente a visibilidade do futebol capixaba. Mas, seria muito bom que os dirigentes dos clubes se preocupassem também com a imagem que passam ao público. Além do empenho para fazerem boas contratações de jogadores, eles deveriam cuidar melhor dos estádios, pois muitos estão em situação ruim, com muros encardidos, mato alto e alambrados enferrujados, sem contar o campo de jogo. Uma imagem assim desgasta mais do que promove. Vamos caprichar!

Rodada do Capixabão

A segunda rodada das quartas-de-final do Campeonato Capixaba define, neste fim de semana, os times classificados para as semifinais. Jogam Rio Branco de Venda Nova x Desportiva (primeiro jogo 1×3), Rio Branco x Serra (0x1), Real Noroeste x Estrela (2×1) e Vitória x Vilavelhense (2×1).

PUBLICIDADE