Aluna da Serra vence Prêmio Nacional do MPT na Escola 2021

Eduarda, de 10 anos, venceu na categoria Poesia, concorrendo com 16 estados

0
26
Arte/Foto: Divulgação

Por Andreia Soares

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Altair Siqueira Costa, em Jardim Limoeiro, na Serra, está comemorando a vitória da educação e da cultura. A estudante da unidade, Eduarda Ferreira Pinheiro, de 10 anos, ganhou o Prêmio Ministério Público do Trabalho (MPT) na Escola 2021, na categoria Poesia, com o trabalho “A Escola no Combate ao Trabalho Infantil”.

Eduarda, aluna do 4º ano, concorreu com estudantes de 16 estados. Ela passou pelas etapas municipal e estadual. Na etapa municipal, a secretaria de Educação da Serra fez a seleção dos trabalhos produzidos pelas unidades de ensino da Rede Municipal. A estudante teve como orientadora a professora do 4º ano, Dilce Laureano.

O Prêmio MPT na Escola 2021 foi dividido em dois grupos: alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental, com produções sobre trabalho infantil, e estudantes do 6º e 7º ano do Ensino Fundamental, com abordagem sobre a aprendizagem profissional/profissionalização do adolescente.

Os alunos dos três primeiros lugares no Prêmio MPT ganharam, cada um, um notebook. Já os professores orientadores ganharam um Kindle. A diretora da escola, Márcia Cristina Helmer, destacou que “desde o início das etapas, incentivamos todas as turmas a participarem nas diversas categorias. Tivemos a grata surpresa de receber a notícia da vitória de Eduarda, na categoria Poesia, o que muito nos alegrou. Ganhamos um presente de final de ano”, comemora a diretora.

A poesia “Criança de Atitude”

Eu acordo bem cedinho
Para na feira trabalhar
Levando meu carrinho
Para lá e para cá

Quando chego na escola
Não consigo nem pensar
Só sinto dor e sono
Não dá pra estudar

Quando chego em casa
Para ajudar meus irmãos
Entrego o dinheiro ao meu pai
Para ajudar comprar o pão

A situação é difícil
Mas não posso continuar
Contei para a professora
Minha vida familiar

Não se preocupe
Vou lhe ajudar
Com sua família
Eu vou conversar

A professora explicou
Que criança não pode trabalhar
Passou para a assistência social
E para o conselho tutelar

Com meus direitos de criança
Hoje eu consigo estudar
Quero ser professora ou conselheira
Para outras crianças ajudar

Na minha casa
Não passamos necessidade
Meu pai trabalha e é só felicidade
Aprenderam que estudar, sim, é para minha idade.

PUBLICIDADE